Como Utilizar os Produtos STIHL sem Prejudicar o Meio Ambiente

Saber como usufruir de produtos que possam causar algum efeito na natureza é de suma importância para a sustentabilidade do meio em que atuamos. Por esse motivo, descrevemos abaixo algumas recomendações de como utilizar os produtos STIHL sem prejudicar o meio ambiente.

1. Adotar práticas adequadas buscando um mínimo de agressão ao meio ambiente.

2. Tirar o máximo de proveito dos equipamentos, durante o máximo de tempo possível, através da manutenção preventiva adequada (o que resulta no prolongamento da vida útil dos equipamentos evitando a extração de recursos naturais para a produção de novos equipamentos).

3. Destinar corretamente as peças e os fluidos trocados. Veja alguns exemplos:

  • Metais: a reciclagem dos metais oferece muitas vantagens. Cada tonelada de aço reciclado representa uma economia de 1.140kg de minério de ferro, 454kg de carvão e 18kg de cal.
  • Plásticos: sua matéria-prima é o petróleo e, quando reciclados, consomem somente 10% da energia consumida para produzir igual quantidade pelo processo convencional. O plástico, quando disposto em aterro, demora centenas de anos para ser degradado.
  • Papel/Papelão: uma tonelada de papel/papelão reciclado evita o corte de 10 a 12 árvores e a fabricação de papel a partir delas.
  • Óleos e fluidos: jamais os jogue diretamente na rede de esgoto, nos rios ou no solo. Recolha-os e leve-os a um posto de combustível que compre esses produtos. Os óleos podem ser refinados e, em último caso, podem ser incinerados em aterros industriais regularizados por lei.

4. Utilizar todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para proteção e segurança durante o manuseio dos produtos STIHL.

Recomendações especiais para produtos a combustão:

Abastecimento

Antes de iniciar o abastecimento, coloque uma lona no chão para assegurar que o solo não seja contaminado com a gasolina e o óleo, mesmo se ocorrer vazamento.

Para que não ocorram vazamentos durante o abastecimento de óleo e gasolina, o tanque do equipamento deve estar reto. Para a introdução dos fluidos, utilize um galão com bico de vedação. Ao usar corretamente esse tipo de galão, o abastecimento do tanque cessa quando o reservatório está "cheio" e, nesse caso, não se deve continuar a forçar a entrada de fluido para evitar o transbordamento.

Depois do abastecimento, coloque corretamente a tampa do tanque a fim de evitar que a gasolina/óleo derramem no solo, acarretando a contaminação do mesmo, além de desperdiçar um recurso natural não-renovável, prejudicando o meio ambiente.

Carburador

Não altere o regime de rotações desnecessariamente quando a rotação é elevada, pois isso aumenta o consumo de combustível e o ruído.

Lavagem

Durante a lavagem, são retirados pela água restos de gasolina, lubrificante e óleos dos equipamentos. A água contaminada precisa ser purificada através de um Separador de Água e Óleo. Por isso, recomenda-se que a lavagem seja feita em Revendas Autorizadas. Caso tenha acesso a um Separador de Água e Óleo, utilize apenas produtos especiais de limpeza e nunca produtos ácidos ou derivados de petróleo.

Filtro de Ar

Após o uso do equipamento, sempre limpe o filtro de ar. Isso diminui o consumo de combustível e também a poluição do ar, já que a relação de ar e combustível determina se a combustão é completa ou não.

Motor

Desligue o motor em paradas prolongadas.

Recomendações específicas para alguns produtos

Motosserras
Cadastrar a motosserra junto ao IBAMA.
Para o corte de árvores nativas, é obrigatório requerer licenciamento aos órgãos ambientais competentes e possuir a licença em mãos no momento do corte, já que a falta desse documento é crime ambiental passível de prisão e multa. Nunca utilize óleo queimado para lubrificar o conjunto de corte. Escolha, preferencialmente, óleos de lubrificação biodegradáveis.

Roçadeiras
Para o descapoeiramento (limpeza de macegas), é obrigatório requerer licenciamento aos órgãos ambientais competentes e possuir a licença em mãos no momento do corte, já que a falta desse documento é crime ambiental passível de prisão e multa. Após a roçada, não queime o material, isso prejudicará o meio ambiente (poluindo o ar) e a cultura devido à retirada dos nutrientes do solo com a queima.

Pulverizador costal
Faça o manejo integrado de pragas, aplicando defensivos agrícolas somente quando necessário e na medida certa (sem desperdícios e contaminação do solo).